top of page

A HISTÓRIA DO PORTUGUÊS

Essa crônica aí embaixo conta a história de como conhecemos nosso bom amigo e chef Luís, do Restaurante Ibéricos, em Santos, um dos pontos de encontro Monsters. Vamos recordar?


Encontro MONSTER ou "A história do português que falava, falava, falava..."


Boa noite, Monsters!

Dêem uma olhada nessa foto. Daqui a pouco falaremos dela...



Não sei vocês, mas, depois que comecei o curso da Mentoria, cada vez que eu entro em um supermercado, empório, adega, boteco eu perco um tempo danado olhando as prateleiras de vinho, à busca do Santo Graal nosso de cada dia.


Pois bem, dia desses estávamos eu e minha linda editora em um Pão de Açúcar quando, do nada, um gajo com um leve sotaque português puxou assunto, falando sobre preços e como os vinhos "em promoção" às vezes não estão tão baratos assim. Depois de algum tempo, contou-nos que era dono de um restaurante, perguntou se nós conhecíamos e, diante da negativa, insistiu para que a gente aparecesse, contou sobre uma noite portuguesa, com grupos musicais típicos e menu completo, meia hora de papo...

Ao chegar em casa, Alessandra deu uma leve pesquisada na internet e só viu coisas boas...

Segue o jogo...

Na última reunião da confraria, nosso Comandante, capitão, tio, brother, camarada, Comodoro Roberto informou que passaria a semana em Sampa, a trabalho, e eu logo pensei que poderíamos engrenar um encontro(militar engrena tudo, vocês já sabem). Conversamos e ele me disse que viria então a Santos e aproveitaria para trazer o neto, Pedro Henrique, para passear na praia. Pensei logo em visitar o Aquário Municipal, que havia reaberto na semana passada. É passeio para criança e para gente grande também.

Faltava escolher o local do almoço. Sugeri para a Alessandra, com certa cautela, o restaurante do português. Iríamos dar um tiro no escuro...

Pois bem, chegou o dia, e a sensação era no mínimo estranha. Saímos de casa para encontrar pessoas que conhecíamos no mundo virtual, mas que não tínhamos nem ideia de como vivem, como são, do que gostam.

Felizmente, as impressões virtuais se confirmaram. A conversa foi fácil, agradável, entrosada. Levamos o Pedrinho para a areia, bebemos uma água de coco e aguardamos a abertura do Aquário.

O que é bom sempre pode melhorar. Na fila para comprar o ingresso, de repente, chegou a Monster Cristianne, que havia visto a nossa foto no grupo, e combinamos de almoçar todos juntos, no restaurante do português(medo, será que vai dar certo ...😟😟)

O Pedro adorou a visita. Depois o Roberto mostra as fotos dos tubarões e tartarugas...

E o restaurante?

Pensa em um tiro no escuro que acertou a mosca! Ambiente muito agradável, comida deliciosa, conversa melhor ainda, o tempo passando gostoso...


A Cristianne contratou uns guarda-costas!No final da refeição, apareceu o português, que me reconheceu do Pão de Açúcar. Monsters, vocês lembram quando eu comentei da disposição de conversar do nosso último convidado. O portuga deixou ele no chinelo. Falou sobre todos os vinhos do restaurante. Em determinada hora falou que tinha um vinho afeminado. Respondi que naquela mesa as mulheres gostavam de drogas um pouco mais pesadas... KKK


Acho que foi quase uma hora de conversa. O Comodoro saiu atrasado, já pensando na próxima vez...

Que legal fazer novas amizades! Roberto, Valéria e Pedro Henrique, Cristianne e Pedro, valeu MUITO!!!

Logo, logo, todos nós Monsters estaremos reunidos...

Ah, não teve vinho. O Comodoro iria pegar a estrada e, como dizemos na FAB, " a esquadrilha é um punhado de amigos!". Fica também para a próxima...

18 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo

ANIVERSÁRIO MONSTERS: EVENTOS INCRÍVEIS - ITU PARTE 2

Boa tarde, Monsters! Tenho certeza que vocês estavam com saudade. Eu também. Já que estamos completando 2 anos de confraria e, a essa hora, todos estão curtindo o presente surpresa(mesmo os que estão

bottom of page