top of page

MONSTERS NA SERRA CATARINENSE: QUE ROLEM AS PEDRAS (PARTE 3/3)

Boa tarde, Monsters!

No capítulo anterior, terminamos a visita a São Joaquim com um lindo pôr-do-sol no topo da Serra do Rio do Rastro. No dia seguinte, seguimos para Urubici. A ideia era visitar trilhas e cachoeiras, as vinícolas, quase todas, ficaram para trás. A primeira cachoeira foi a do Véu da Noiva, que serviu como ponto de despedida dos gaúchos mais queridos da confraria. Vander e Cleuda, com sua alegria, tornaram nossa viagem muito mais legal.

A partir da saída dos dois, depois do almoço no único restaurante aberto no domingo, passamos os dias visitando as belezas naturais da região, com direito a matar a saudade na FAB no Morro da Igreja, sob um frio de 4 graus e um vento de uns 20 nós.

Vale a visita...

Tem algumas histórias boas para contar também. Em um dos jantares, em uma cantina bem agradável, estávamos analisando a carta de vinhos e perguntamos ao garçom se um chardonnay era barricado. Com calma, ele respondeu-nos que não sabia, mas que iria chamar o especialista da casa. Daqui a pouco, chega o especialista. Uns bons 20 anos(de vida, não de experiência...), cara de quem conhecia muito. Nei faz a pergunta fatídica: "Este vinho da carta passa por barrica?"

A resposta veio incontinenti: "NÃO, ELE É BRANCO!!!!!". Preferimos seguir os nossos "parcos" conhecimentos...

Falando em Nei, é muito bacana seguir os planejamentos do meu amigo combatente de terra. Resolvemos passar pela cachoeira do Rio dos Bugres. Ao sair da estrada principal, vimos uma placa de 14 Km. Depois de andar algumas milhas em uma estrada de terra, outra placa de... 14 Km. Fomos em frente, meia hora depois, um pedestre na beira da estrada, perguntamos, logo ali 14 Km...

Finalmente chegamos. Algumas Monsters estavam com alguma necessidade de aliviar a bexiga. O jeito foi dividir a moitinha, às gargalhadas...

Detratores vão dizer que fizemos, eu e Nei, uma cabaninha suspeita, mas estávamos apenas analisando o mapa e descobrindo que aquela ainda não era a tal queda d'água. Mais um ou dois quilômetros e estávamos lá. Muito bonita, as fotos estão aí embaixo...

Foi uma viagem especial, sem dúvida. No regresso, ainda demos uma parada na Thera, para conhecer as instalações. Cláudio e Ireni já estiveram por lá também.

Espero que tenham gostado da novela. Para o ano que vem, tem Vinho Monsters na veia. Eu e minha linda editora estaremos lá, se Deus quiser...

Abração em todos. Saudações Vínicas...







47 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo

ANIVERSÁRIO MONSTERS: EVENTOS INCRÍVEIS - ITU PARTE 2

Boa tarde, Monsters! Tenho certeza que vocês estavam com saudade. Eu também. Já que estamos completando 2 anos de confraria e, a essa hora, todos estão curtindo o presente surpresa(mesmo os que estão

bottom of page